quinta-feira, 23 de abril de 2009

Museus e Monumentos de Maceió

Maceió é uma cidade rica em seu patrimonio histórico e cultural. A capital alagoana possui 26 intituições museólogas, as quais estão explícitas abaixo. Conheça cada uma e visite-as, pois você é parte dessa grande história contada nos mesmos.

Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas

Criado em 2 de dezembro de 1869 foi um dos primeiros institutos do País a preservar a memória histórica e geográfica num estado. Em seu acervo existem peças agrupadas em várias coleções de tipologias diferentes, e essa diversidade é devido o Instituto ser o museu mais antigo do estado. Encontram-se objetos pessoais e documentos de importância histórica e artística, os quais foram doados por sócios e familiares de personalidades históricas. O Instituto ainda possui acervo importante sobre o cangaço em Alagoas, sobre a religiosidade popular com peças de ex-votos com grande valor etnográfico e escultórico, mobiliários do século XIX, porcelanas, adereços, esculturas e raro conjunto de quadros a óleo dos vice-reis do Brasil.
Arquivo Público do Estado de Alagoas

Localizado na Praça Dom Pedro II, no Centro de Maceió, o Arquivo Público do Estado de Alagoas foi fundado em 30 de dezembro de 1961. Possui em seu acervo documentos manuscritos e datilografados que datam de 1819, ainda do período da Província, tanto do Estado como do Município.

Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore

Localizado na Avenida da Paz e fundado em 20 de agosto de 1975, o Museu Théo Brandão preserva em seu prédio a história local. É tido como a casa da cultura popular e em seu acervo encontram-se peças raras, como as moringas antropomorfas de Júlio Rufino, xilogravuras de José Martins dos Santos e Enéias Tavares, cerâmica de Vitalino e Nó Caboclo, indumentária de folguedos, esculturas de Manoel da Marinheira, brinquedos populares de diversas procedências, objetos de fibra vegetal, cerâmica indígena, religiosidade, popular, folhetos de cordel que pertenceram a Theo Brandão e José Aloísio Vilela, e uma extensa biblioteca específica de antropologia e etnografia.
O Museu ainda possui um arquivo audiovisual que pertenceu a Théo Brandão, com discos, filmes, e principalmente, fitas de várias obras gravadas pelo próprio Théo Brandão e compreende um conjunto de aproximadamente 100 rolos.

Museu de Arte – Fundação Pierre Chalita

Situada em um belo sobrado na Praça dos Martírios a Fundação reúne em seu acervo peças doadas pelo seu patrono Pierre Chalita, este colecionador e artista plástico, o que compreende peças de arte sacra, mobiliário, pinturas históricas, objetos de arte decorativa dos séculos XVIII e XIX, além de quadros da autoria de Chalita. O Museu de Arte foi fundado no ano de 1980.

Museu de Arte Brasileira – Fundação Pierre Chalita

Assim como o Museu de Arte, o Museu de Arte Brasileira também foi fundado no ano de 1980. Situado no bairro de Jaraguá, seu acervo é composto por pinturas e mobiliários do Brasil.

Fundação Teotônio Vilela

A Fundação Teotônio Vilela foi fundada em 14 de abril de 1984 e está situada no bairro de Jaraguá. Possui em seu acervo livros e registros da vida de Teotônio Vilela.

Casa da Arte

Fundada em 16 de setembro, a Casa da Arte está localizada na Garça Torta e seu acervo é composto por artes visuais, pinturas, esculturas, multi-informações e biblioteca multi-referencial, música e línguas estrangeiras.

Museu da Imagem e do Som

O Museu da Imagem e do Som, criado em 1981, funcionava no Teatro Deodoro, porém passou a ter sede própria a partir de 3 de março de 1982, ocupando o prédio que abrigava o antigo Consulado Provincial, no Jaraguá. O seu acervo é composto por coleções de fotos de Maceió no passado, assim como filmes, músicas e depoimentos. Entre as coleções de fotografias antigas destacam-se “Maceió de Outrora”, “Espetáculos Teatrais”, “Vultos Históricos”, “Alagoanos Ilustres”, “Cidades Alagoanas do Século XIX” e “Vida Social em Maceió”.

Museu de História Natural da UFAL

O Museu de História Natural da UFAL localiza-se no bairro do Farol e foi fundado no dia 4 de fevereiro de 1991. A tipologia do seu acervo envolve coleções de animais, plantas, minerais e fósseis predominantes no Estado de Alagoas.

Usina Ciência

Com data de fundação em 6 de maio de 1991, a Usina Ciência tem como tipo de acervo bichos empilhados ou conservados em líquido, fauna e flora. A Usina Ciência está localizada no mesmo local onde está situado o Museu de História Natural da UFAL.

Museu dos Esportes Edvaldo Alves Santarosa

Localizado no Trapiche da Barra o Museu dos Esportes Edvaldo Alves Santarosa foi fundado em 8 de agosto de 1993. Seu acervo é formado por medalhas, taças, fotografias e objetos referentes aos esportes.

Memorial Pontes de Miranda da Justiça do Trabalho em Alagoas

Com acervo sobre o histórico da Justiça do Trabalho no Estado de Alagoas desde a sua instalação e sobre a vida e obra do jurista alagoano Pontes de Miranda, o Memorial Pontes de Miranda da Justiça do Trabalho em Alagoas teve sua fundação em 1 de junho de 1994; o mesmo está localizado na Avenida da Paz, no Centro da Cidade.

Museu da Segunda Guerra Mundial

Situado no Centro de Maceió e fundado em 14 de Março de 1996, o Museu da Segunda Guerra Mundial dispõe de um acervo com fotos, armas, capacetes e fardas referentes à Segunda Guerra Mundial.

Instituto Arnon de Mello

O Instituto Arnon de Mello teve sua fundação em 14 de abril de 1996. Localizado no Tabuleiro dos Martins e acervo referente à bibliografia da família Collor de Mello, fotografias do Senador Arnon de Mello e jornais “Gazeta de Alagoas” desde 1934.

Casa da Palavra

Fundação em 9 de janeiro de 1997 e localizado no Centro de Maceió, a Casa da Palavra tem acervo composto por mobiliário e objetos da Família Nogueira.

Memorial Desembargador Hélio Cabral do Ministério Público do Estado de Alagoas

O acervo do Memorial Desembargador Hélio Cabral do Ministério Público do estado de Alagoas é formado pelo histórico do Ministério Público de Alagoas e pela vida do patrono, o Desembargador Hélio Rocha Cabral de Vasconcelos. O memorial está situado no bairro do Poço e foi fundado em 31 de março de 2000.

Museu de Tecnologia do Século XX

Mais uma das riquezas do bairro do Jaraguá, o Museu de Tecnologia do século XX funciona no prédio da Associação Comercial e foi fundado em 3 de agosto de 2001 e em seu acervo encontram peças que mostram a evolução da tecnologia durante todo século XX.

Museu do Comércio de Alagoas

Assim como o Museu de Tecnologia do Século XX, o Museu do Comércio também funciona no prédio da Associação Comercial e foi fundado em 3 de agosto de 2001 e está localizado no bairro de Jaraguá. Seu acervo é formado por peças referente ao comércio no início do século XX, entre 1920 a 1930, como escrivaninhas, máquinas de escrever, livros de estatística do porto, balanças de medidas, máquinas de calcular, balança de pesar algodão, prensa, tipografias, baús, livros de registro, atas da Associação Comercial desde 1866 até 1980 e relógio de ponto.

Centro de Memória da Justiça Eleitoral

Localizado no Centro de Maceió o Centro de Memória da Justiça Eleitoral, fundado em 6 de fevereiro de 2003, possui documentos e objetos que ilustram a trajetória histórica da Justiça Eleitoral Alagoana, os quais compõem o seu acervo.

Memorial do Poder Judiciário do Estado de Alagoas Desembargador Gerson Omena Bezerra

Com acervo repleto de livros, togas, cadeiras, objetos pessoais, diplomas antigos e fotos dos desembargadores, o memorial do Poder Judiciário está situado no Farol e foi criado em 2 de fevereiro de 2005.

Memorial Teotônio Vilela

Inaugurado em 25 de abril de 2005, porém só teve seu acervo permanente em 2 de junho de 2006, este composto por objetos pessoais, fotografias e painel fotográfico de Teotônio Vilela. O Memorial está localizado no bairro de Pajuçara, e o mesmo foi um projeto de Oscar Niemayer.

Memorial à República

Projetado pelo arquiteto Alex Barbosa, o Memorial à República está situado na Avenida da paz, em Jaraguá. Fundado em 15 de novembro de 2005, seu acervo diz respeito à República Federativa do Brasil, exposição permanente sobre o Marechal Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto, salão verde com fotos dos presidentes republicanos, exposição dos Hinos Nacional e de Alagoas e Símbolos da Bandeira com seus respectivos significados.

Ecomuseu Comunitário Graciliano é uma Graça

Com fundação datada em 20 de agosto de 2005, o Ecomuseu Comunitário Graciliano está localizado no Conjunto Graciliano Ramos, no Tabuleiro dos Martins. Seu acervo compreende esculturas que tematizam a vida e a obra de Graciliano Ramos, além de acervo bibliográfico. É interessante notar que com a fundação do Ecomuseu, o Conjunto Graciliano Ramos melhorou sua imagem, devido às esculturas, painéis em grafite e placas de sinalização colocadas nas ruas, praças e avenida principal do conjunto.

Museu Palácio Floriano Peixoto
O antigo Palácio do Governo passou a funcionar como museu, depois da edificação do palácio Zumbi dos Palmares, em18 de maio de 2006, que passou a ser a sede do Governo do Estado. Em seu acervo encontram-se a coleção de quadros do pintor Rosalvo Ribeiro, doada ao estado em agradecimento ao custeio de seus estudos, em Paris, no período de 1888 a 1891. Além disso, seu acervo ainda compreende mobiliário do final do século XIX e início do século XX e a própria arquitetura do Palácio.

Casa Jorge de Lima

O mais jovem entre os museus e memoriais de Maceió, a Casa Jorge de Lima foi fundada em 15 de dezembro de 2008. Situada na Praça Sinimbu, a casa onde morou o poeta Jorge de Lima é um imóvel do século XX e, atualmente, pertence à Academia Alagoana de Letras. Seu acervo é constituído pela vida e obra de Jorge de Lima.

Pinacoteca Universitária

Fundada em outubro de 1981, a Pinacoteca Universitária está localizada na Praça Sinimbú e seu acervo é formado por Arte Primitiva, Arte Moderna e Arte Contemporânea, as quais podem ser vistas em telas, instalações, objetos, esculturas e painéis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário